Georges Brassens: La Mauvaise Réputation.

Biografia do artista:

Georges Brassens (1921- 1981) é autor, compositor, letrista, violinista, poeta e anarquista. Compôs cerca de 250 canções consideradas como uma das maiores obras poéticas do século XX e sabia utilizar a língua francesa como ninguém. nasceu em Sète, cidade portuária e cresceu em uma família que apreciava a música. Com a invasão Alemã, a fábrica em que trabalhava foi bombardeada e em protesto para não colaborar com os invasores, decidiu não mais trabalhar. Durante três anos seguindo um antigo conselho de seu professor de literatura acordava de madrugada, passava o dia na biblioteca e ia dormir ao por do sol para estudar minuciosamente os grandes escritores como Baudelaire, Verlaine e Victor Hugo adquirindo assim uma importante bagagem literária. Após uma apresentação no Chez Patachou um dos

mais destacados cabarés da época, foi logo contratado. Brassens, no entanto preferiu ficar com o papel de compositor para evitar o contato com o público. A cantora e dona do Chez Patachou além de incluir algumas de suas canções em seu reportório insistiu para que ele mesmo cantasse canções como Le Gorille, Corne d'Aurochs ou La Mauvaise réputation. Apesar de sua insegurança, abriu-se um caminho e dezoito meses depois já era estrela do Bobino, prestigiada casa de espetáculos. Brassens, é reconhecido por seu domínio brilhante da língua francesa, recebeu o grande prémio da Academia Charles Cros, pelo álbum "Le Parapluie". Em 1967 recebeu o prémio de poesia da Académie française, uma reputada instituição dedicada à preservação da lingua francesa. Em Janeiro de 1969 participou de uma entrevista histórica com dois outros gigantes da música francesa Léo Ferré e Jacques Brel e em 1975, recebeu das mãos do então presidente da Câmara Jacques Chirac o Grande Prémio do Disco de Paris. A fama de Brassens está para os franceses assim como a dos Beatles para os ingleses. Conhecer Georges Brassens significa entrar em contato com toda uma fase da cultura popular francesa do século XX. Ao ouvir uma canção de Brassens, o que se percebe imediatamente é a perfeição do idioma, a sutileza da poesia que, de tão elaborada, parece simples. Georges Brassens vendeu cerca de 20 milhões de álbuns entre 1953 e 1981, um recorde para quem começou a publicar música nos anos 50 e já nos anos 70 estava fora de moda, decisão de poeta.
Estilo musical:
Chanson française.

Ano da música:
1953

Nossa opinão
:
Sempre o considerei « dos antigos », « do passado » até eu amadurecer e perceber que ele foi um grande artista com uma obra musical incrível.
 

Exercício da música:

Pelo fato de ser poeta as letras de Brassens são extramente complicadas. Até para os franceses são difíceis.
A letra é inapropriada para alunos, mas o módulo Música é tambén um módulo de descoberta da música
francesa através de sua história. Vamos ver simplesmente as palavra mais fáceis e expressões idomáticas.

 


 
Vocabulário da música:

Aveugles: cegos.
Chemin: caminho.
Chemins: caminhos
Cou: pescoço.
Courir: correr. Aqui na expressão "laisser courir" que significa "deixar passar, deixar partir"
Doigt: dedo. Aqui na expressão "montrer du doigt".  Apontar o dedo, acusar.
Eux: eles.
Lit: cama. (palavra masculina).
Pas besoin: não precisa.
Personne: Em frases negativas significa "ninguém". Aqui usado na expressão "ne faire de mal à personne": Não fazer mal a ninguém.
Pommes: maçãs.
Quatorze: número 14. Referindo-se ao dia da queda da bastilla. (Revolução Francesa).
Regarde: do verbo "regarder" (olhar). Aqui na expressão "cela ne me regarde pas" que significa "não é da minha conta".
Réputation: reputação. Aqui usado na expressão: « avoir mauvaise réputation » ter má reputação.
Rome: a cidade de Roma na Itália.
Route: estrada.
Soi: si. Aqui na expressão "ça va te soi" que significa "é lógico".
Sonne: toca. Do verbo "tocar".
Terre: terra. Aqui na expressão "se retrouver par terre" que significa "acabar no chão".
Tout le monde: todo mundo.
Village: cidade pequena.
Voleur: ladrão.

Lições relacionadas:

Nenhuma.

Você vai gostar também:

Uma versão super boa da música pela banda de reggae Sisemilia.

Outras músicas de Georges Brassens:

Les amoureux des bancs publics
Le gorille
Les copains d'abord


 

Imprimir

Comentários (0)

COM_KOMENTO_NO_COMMENTS_POSTED_YET

Tirar dúvida - Fazer tarefa

COM_KOMENT_POSTING_AS_GUEST COM_KOMENT_LOGIN_LINK
Anexos (0 / 3)
COM_KOMENTO_SHARE_LOCATION

 

Links:  delf  tv5 

logo  campus 





Informações:

phone(+33) 6 0250-0330
what (+33) 6 0250-0330 
skype  franceszero
mail Contato pelo site