04 - Os pronomes relativos em francês: QUE, QUI, OÙ, DONT

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
Sobre a lição:
Escute o áudio para receber informações complementares sobre a lição. (você reencontrará essas informações nos episódios 27/28/57/58)


I.
Os pronomes relativos servem basicamente para unir duas frases, por exemplo:

1. Eu conheço um professor. Ele é muito atencioso = O professor que eu conheço é muito atencioso.
2. Chamei um grupo para meu aniversário. Ele toca muito bem = Chamei um grupo que toca muito bem para meu aniversário.
3. Ele mora em uma cidade. A cidade tem um lindo parque = A cidade onde ele mora tem um lindo parque.
4. Eles conhecem Jonas. O pai de Jonas é um renomado médico = Eles conhecem Jonas, cujo pai é um renomado médico.

dica Em francês, esses pronomes relativos também existem e equivalem aproximativamente às formas QUE, QUI, e DONT.

Se traduzirmos nossas frases, teremos em francês:

audio frances 1. Le professeur que je connais est très attentionné.
audio frances 2. J’ai appelé un groupe qui joue très bien pour mon anniversaire.
audio frances 3. La ville il habite a un joli parc.
audio frances 4. Ils connaissent Jonas dont le père est un médecin renomé.

dica Observem que nas frases 1 e 2 possuímos o mesmo relativo em português, o relativo “que”, mas em francês não, possuímos “que” e “qui”. Basicamente, utilizaremos em francês o “que” antes de um pronome (como je, tu, il, elle, etc) et o “qui” antes de qualquer verbo.
          Porém há exceções. A explicação gramatical é que o “que” corresponderá ao objeto direto da frase, enquanto que o “qui” corresponderá ao sujeito. Se pegarmos o verbo utilizado em cada frase e questionarmos quem fez a ação, por exemplo, na frase 1, “quem conhece o professor?”, teremos como resposta “eu conheço”. Ora, “eu conheço” tem a função de objeto na frase, já que o sujeito é “O professor”. No caso de “qui”, na frase 2, se questionarmos “quem toca muito bem?” a resposta será “um grupo”, sujeito da frase “um grupo que toca muito bem”.
          Complicado? Um pouquinho, admitimos. Para nos tranquilizarmos, podemos pensar que na maioria dos casos a primeira explicação funcionará: “que” antes de pronomes e “qui” antes de verbos.

Só para ilustrar, colocaremos uma exceção:

audio frances 5. L’étudiant qui connaît Marie.
audio frances 6. L’étudiant que connaît Marie.

Nesse caso, poderemos usar “que” antes do verbo pois teremos:

 O estudante que conhece a Maria (é o estudante quem a conhece, então o sujeito da frase).
 O estudante que Maria conhece (quem conhece o estudante é Maria, objeto da frase).



Imprimir

icon youtubecon instagramicon facebook
icon youtubecon instagramicon facebook

Informações:

phone(+33) 6 0250-0330
what (+33) 6 0250-0330 
mail Contato pelo site
3 rue du Languedoc, 31000 Toulouse - França